MIDIA GOSPEL

Qua12132017

Last update10:01:01

JESUS: A Imagem Visível do Deus Invisível

Gostou? Comente este artigo no fim da página

jesus maos furadas

A DIVINDADE DO FILHO é apresentada de forma abundante no Evangelho Segundo João.

Logo no início, o Verbo é o que “estava com Deus e era Deus”, o mesmo Verbo que “se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1.1,2, 14).

No capítulo 14, há várias declarações do próprio Jesus, em que reitera o que está em Jo 10.30: “EU E O PAI SOMOS UM”. Vejamos:

Jo 14.6: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. Ninguém VEM ao Pai senão por mim”. Ele não disse ninguém VAI, “mas ninguém VEM”, por considerar que Ele estava no Pai e o Pai nele.

Jo 14.7-9: “Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto; Quem me vê a mim, vê o Pai”.

Jo 14.10: “Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim. As palavras que vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras” (cf. Jo 17.10,11, 21,23).

Jo 14.11: “Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim”.

Jo 14.13-14: “E tudo quanto pedirdes em meu nome EU o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, EU o farei”. Vejam que Ele não diz: “O que pedirdes ao Pai Ele o fará”. Mas diz que Ele mesmo o fará.

Jo 14.15, 21: “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos”. Ele não diz “os mandamentos do meu Pai”.

Jo 14.20: “Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós”.

Jo 14.23-24: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e o meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada”. Onde está o Filho, está o Pai.

Apesar da inconteste igualdade com o Pai, para enfrentar a cruz e morrer em nosso lugar, Ele tomou a forma de servo, despojando-se de suas prerrogativas divinas. “Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. E, achado na forma de homem, humilhou-se [ou esvaziou-se] a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz”.

“Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai” (Fp 2.10).

Fonte: Palavra da Verdade