MIDIA GOSPEL

Dom02262017

Last update01:02:30

Remédio que pode prevenir HIV (AIDS) é registrado no Brasil

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Remédio que pode prevenir HIV (AIDS) é registrado no Brasil | Notícias Evangélicas Gospel Cristãs

O remédio Truvada, usado na prevenção de infecção pelo HIV, foi registrado no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O antirretroviral é produzido pela Gilead e anteriormente já havia recebido o aval do Food and Drug Administration (FDA), agência sanitária dos Estados Unidos.

Isso não significa, porém, que a droga passará automaticamente a ser usada no país para tratamento de pacientes com HIV ou indicada antes de relações sexuais desprotegidas com parceiros soropositivos ou com situação sorológica desconhecida. “O governo precisa discutir qual estratégia será adotada para o medicamento e chamar a sociedade para esse debate”, diz Jorge Beloqui, do Grupo Incentivo à Vida de São Paulo.

No início deste mês, uma comissão ligada ao FDA recomendou a indicação do uso da droga, uma combinação de tenofovir com emtricitabina na prevenção da Aids. Isso permitiria que pessoas não contaminadas pudessem manter relações com soropositivos sem usar preservativo.

O remédio já é usado em vários países no tratamento de pacientes com Aids. Se a autorização for concedida pelo FDA, a fabricante poderá também indicar o remédio para prevenir a infecção. O Departamento de DST Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde afirmou que o registro da Anvisa não modificará, no momento, a estratégia brasileira de combate à doença.

Sobre o medicamento

O Truvada, comercializado desde 2004, é a combinação de outras duas drogas mais antigas no combate do HIV, Emtriva e Viread. Os médicos normalmente receitam a medicação como parte de um coquetel que dificulta a proliferação do vírus, reduzindo as chances da Aids se desenvolver.

A capacidade de prevenção do Truvada foi anunciada pela primeira vez em 2010 como um dos grandes avanços médicos na luta contra a epidemia de Aids. Um estudo de três anos descobriu que doses diárias diminuíam o risco de infecção em homens saudáveis em 44%, quando acompanhados por orientação e o uso de preservativo.

Outro estudo descobriu que o Truvada reduziu a infecção em 75% para casais heterossexuais em que um dos parceiros tinha o HIV. O remédio já está no mercado para tratar a doença, mas sob a prescrição médica em casos específicos. A aprovação do FDA permitiria a empresa Gilead Sciences, dona da medicação, de vender a droga formalmente nas condições estabelecidas pelo órgão.

Como o vírus da aids age no organismo?

Por que o corpo não consegue combater sozinho o vírus da aids?

Quais são as formas de contágio?

Bebês de mães soropositivas podem nascer saudáveis?

A camisinha é a melhor proteção contra a aids?

Existe algum tratamento preventivo após uma relação de risco?

Em apenas uma relação sexual, sem que haja contato com o esperma, a menina pode adquirir o vírus da aids?

É possível contrair aids por meio de beijos em uma pessoa com sangramento na gengiva?

Quais os sintomas iniciais?

É possível ter a doença e não saber?

Por que até hoje não foi inventada nenhuma vacina eficiente?

Quais são os principais tratamentos disponíveis atualmente?

Já existem alternativas que reduzam ou inibam a lipodistrofia relacionada ao uso dos remédios antirretrovirais?

O conteúdo destes vídeos é um serviço de informação e não pode substituir uma consulta médica. Em caso de problemas de saúde, procure um médico.

Fonte: Veja | Divulgação: Midia Gospel