MIDIA GOSPEL

Seg12112017

Last update03:01:01

Profetisa evangélica incentiva não usar medicamentos porque farmácia significa feitiçaria

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Gospel o melhor da WEB Profetisa evangélica incentiva não usar medicamentos porque farmácia significa feitiçaria Estudos Biblicos

A “profetisa” Ana Méndez Ferrell do ministério Voice of The Light tem pregado contra a venda de remédios incentivando os cristãos a não mais consumi-los, pois, de acordo com ela, a indústria farmacêutica é  dominada por um demônio e por isso é a causadora da morte de milhões de pessoas no mundo.

Esse discurso gerou um  livro “Pharmakeia, o Assassino da Saúde” onde ela revela “a origem das enfermidades e como destruí-las com o poder de Jesus Cristo, além de ensinar como quebrar os laços com Pharmakeia e com as estruturas erguidas em sua mente e corpo para matá-lo”.

Ana Méndez é uma mexicana que mora nos Estados Unidos onde esse livro foi lançado em 2009. Agora a controvérsia obra contra os remédios chega ao Brasil devido à popularidade dos outros livros da autora.

Ela que também é chamada de apóstola avisa que a palavra Pharmakeia além de ser um demônio significa feitiçaria, em seu livro ela vai explicar os horrores cometidos pelos farmacêuticos os perigosos de se tomar os remédios produzidos por eles. Ela diz que em Jesus é onde encontramos a cura para as nossas enfermidades.

A resenha do livro diz que “12 milhões de pessoas morrem todos os anos devido aos efeitos colaterais de medicamentos prescritos de maneira legal. As empresas farmacêuticas são uma indústria que move trilhões de dólares anualmente e promovem a doença em vez da saúde, tudo com o intuito de ganhar dinheiro. Nunca na História as pessoas estiveram tão doentes quanto hoje.

O consumo de remédios aumentou de dois comprimidos em média por pessoa em 1950 a 18 pílulas diárias em 2009. A morte devido a medicamentos é 10 vezes maior que a causada pelo uso de drogas ilegais. 30% dos pacientes em hospitais estão internados por causa de efeitos colaterais de remédios consumidos. Milhões de pessoas estão em cativeiro acreditando que a resposta para suas doenças está nos remédios.”

Fonte: Pavablog