MIDIA GOSPEL

Qui10192017

Last update03:20:21

Padre critica igrejas católicas que abandonaram o crucifixo

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Padre critica igrejas católicas que abandonaram o crucifixo | Notícias Evangélicas Gospel Cristãs

O padre Juvan Celestino da Silva criticou as igrejas católicas que abandonaram o crucifixo, o que aparentemente é um “modismo”, onde a opção é apenas pela imagem de Cristo. Ele foi categórico ao afirmar que “uma Igreja sem Cruz é uma Igreja herética, uma Igreja “protestantizada”. Devemos reconhecer com pesar que vivemos uma verdadeira crise na teologia da Cruz.

Para o padre, a imagem do “Cristo voador”, presenta em algumas Igrejas é um Cristo “lavado e sem sangue, um Cristo enxuto, uma imagem sem graça, sem gosto, ou melhor, de mau gosto, porque está no lugar errado e na hora errada. Pois sabemos que a Igreja militante, é a Igreja da Cruz, do combate… da luta. A Igreja gloriosa nos espera para além deste mundo”.

Embora os argumentos dos católicos que fizeram essa opção é mostrar que trata-se de Jesus ressuscitado, Juvan não se conforma. Esse Cristo está “suspenso no ar, sem cruz sem razão de ser. Na verdade por mais que queiram representar o Cristo ressuscitado, a imagem foge totalmente da verdadeira experiência do cristão. Pois sem a Cruz na há salvação e como diz a carta aos hebreus 9,22”.

Ele acredita que trata-se essencialmente de uma questão teológica. “É algo ridículo, um passo a mais para se eliminar o símbolo da Cruz das Nossas Igrejas e das nossas vidas, pois das escolas e ambiente públicos aos poucos já estão tirando. O modismo do Cristo voador é um perigo para a fé… Pintar um Cristo voador e querer compará-lo ao Cristo ressuscitado é no mínimo fantasioso, para não dizer folclórico. Embora alguns querem associá-lo à ascensão”, sentencia.

Com informações de Portalcot.com

Fonte: Gospel Prime | Divulgação: Midia Gospel