MIDIA GOSPEL

Qui10192017

Last update03:20:21

Líder de seita Moon da Igreja da Unificação entre e a vida e a morte, quadro é irreversível

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel Líder de seita Moon da Igreja da Unificação entre e a vida e a morte, quadro é irreversível | Noticia Evangélica Gospel

O fundador da seita Moon, da Igreja da Unificação, o sul-coreano Sun-Myung Moon tem seu estado de pneumonia grave e irreversível, segundo informou a igreja, nesta sexta-feira (31/08/2012). Moon, 92, chamado de o “Verdadeiro Pai” está no momento na UTI, com insuficiência de órgãos crítica, diz a declaração. “Nessas circunstâncias, os funcionários do Hospital Santa Maria de Seoul nos informaram que ‘não há mais nenhuma maneira de melhorar a condição do Verdadeiro Pai através da tecnologia moderna’”, afirmou o vice-presidente da igreja internacional, Joon Ho Seuk.

Seuk informou que seus “rins pararam de funcionar, e o funcionamento do seu fígado está se deteriorando rapidamente”, e que ele não pode mais respirar sozinho, necessitando da ajuda do aparelho que fornece oxigênio”, de acordo com a AFP.

A condição do reverendo parecia de melhora, mas nos últimos dias ele entrou em um estágio irreversível de sua doença. Seuk afirmou que sete bilhões de seguidores, chamados de Moonies, pelo mundo farão vigília para orar toda a noite pelo líder que clama ter a missão de cumprir a tarefa que Cristo o Messias não pôde cumprir, como salvador da humanidade. Segundo a porta-voz da igreja, Ahn Ho-Yeol, o líder deve ser transferido para um centro médico no estado da igreja, leste da capital.

A seita

A Igreja da Unificação foi criada em 1954 pelo reverendo e é baseada na doutrina do livro “Princípio Divino”. O líder é considerado o Senhor do Segundo Advendo da vinda Cristo na terra, clamando ser aquele que vai cumprir a sua missão que foi incompleta. A igreja é proprietária de um grande império de negócios que incluem o jornal The Washington Times, Novo Hotel de Manhattan, Universidade de Bridgeport em Connecticut e hospitais na Koreia do Sul e Japão, segundo a Associated Press.

Fonte: The Christian Post | Divulgação: Midia Gospel