MIDIA GOSPEL

Sáb10212017

Last update12:01:27

Jiu-Jitsu cristão no Brasil: igrejas aderem e promovem evangelização através da luta

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel Jiu-Jitsu cristão no Brasil: igrejas aderem e promovem evangelização através da luta | Noticia Evangélica Gospel

Com a famoso campeonato do The Ultimate Fighter (UFC) de MMA (Artes Marciais Mistas) se popularizando no Brasil e com a exposição do esporte por lutadores cristãos famosos, cada vez mais a arte marcial atrai os evangélicos e projetos de lutas como Jiu-Jitsu começam a aparecer entre os projetos de evangelização das igrejas evangélicas do país.

Como exemplo disso, está o projeto de Jiu-Jitsu realizado pela Igreja Evangélica Avivamento Bíblico (IEAB), em São José dos Campos, leste do estado de São Paulo, que tem o objetivo de promover a prática esportiva através do Jiu-Jitsu bem como a socialização dos membros da igreja e a integração da igreja com a comunidade. O projeto conta com o apoio da LIGA JiuJitsu e é coordenada pelos pastores Samuel e Robson. Em sua página do Facebook, o projeto posta fotos dos treinos e encontros. Em uma das fotos há a mensagem: “Deus ele usa os loucos pra confundir os sábios, usa os fracos pra confundir os fortes, musculo não é nada sem técnica, controle e fé. Jiu Jitsu para Cristo.”

“A IEAB quer ser uma igreja para a cidade. Vemos uma igreja que cresce integralmente, ou seja, em quantidade e qualidade. Uma igreja composta de pessoas transformadas espiritual, emocional, moral, física e socialmente. Queremos ser uma igreja cuja adoração caracteriza-se por uma vivência devocional pessoal e coletiva da Presença de Deus,” escreve a IEAB na página de apresentação do projeto.

“Queremos ser uma igreja plena no relacionamento com Deus e todas as pessoas. A IEAB quer ser uma igreja onde todos os crentes conheçam os seus dons e talentos dados por Deus e sirvam de acordo com eles de tal modo que todas as necessidades sejam supridas e os propósitos de Deus sejam alcançados na terra.”

A IEAB ressalta entre os pontos da missão do projeto os de evangelizar e discipular as pessoas, curá-las integralmente, ajudá-las a crescer na comunhão com Deus e com os irmãos e equipá-las para servirem a Deus e ao próximo através dos dons espirituais.

Outros projetos de Jiu-Jitsu cristão que podem ser encontrados nas buscas do Google e nas páginas do Facebook são a Equipe Darcio Lira de Jiu-Jitsu Tradicional da Igreja Vale da Bênção, de Fortaleza, Ceará, nordeste do país, Jiu Jitsu da Igreja Cristã Terra Prometida, no Rio de Janeiro, projeto de Jiu-Jitsu da Igreja Batista de Porciúncula, também no Rio de Janeiro, entre outros.

A aderência de várias Igrejas ao esporte tem, no entanto, provocado críticas e questionamentos de líderes e pastores evangélicos. Esportes que envolvem essa luta, como o MMA, por exemplo, são um dos mais violentos para o pastor Ciro Sanches Zibordi da Assembleia de Deus do Ministério de Cordovil, Rio de Janeiro.

“Embora o cristianismo não seja legalista, não podemos ignorar passagens como 1 Coríntios 6.12 e 1 Tessalonicenses 5.22, as quais nos ensinam que mesmo as coisas lícitas e não-pecaminosas podem ser inconvenientes para o cristão, como uma modalidade de esporte que priorize a violência, por exemplo.” Segundo ele, por mais que seja considerado um esporte como qualquer outro, Zibordi alerta que a violência não seja ignorada.

Fonte: The Christian Post | Divulgação: Midia Gospel