MIDIA GOSPEL

Sex11172017

Last update08:01:02

Atentado suicida contra igreja deixa pelo menos 10 mortos na Nigéria

Gostou? Comente este artigo no fim da página

GOSPEL Fotos e imagens Atentado suicida contra igreja deixa pelo menos 10 mortos na Nigéria Noticia Religião

Pelo menos 10 pessoas, entre vários fiéis, morreram em um atentado suicida contra uma igreja católica neste domingo (11) em Jos, no centro da Nigéria, anunciou o porta-voz do governo local. “Foram 10 mortos, sendo sete fiéis e três outros que foram abatidos por soldados", declarou Pam Ayba, porta-voz do governo do Estado de Plateau, onde Jos está localizada.

Conforme a agência EFE, ao menos 11 pessoas morreram e 22 ficaram feridas no atentado. Os dados foram divulgados pela agência oficial de notícias “NAN”, que citou fontes ligadas a hospitais e a Cruz Vermelha.

O terrorista suicida morreu na explosão de seu veículo, o que tornou impossível a identificação do corpo, segundo o porta-voz. De acordo com a EFE, o atentado ocorreu quando dois homens suicidas lançaram um veículo carregado de explosivos contra a porta da Igreja de Saint Finbar, no bairro de Rayfield.

Conforme o porta-voz do governo de Plateau, o atentado aconteceu pouco depois do início da missa da manhã e a igreja sofreu inúmeros danos. “A igreja ficou danificada, o teto caiu e o restante (do prédio) está devastado" disse. O suicida tentou forçar a entrada com seu carro na igreja no momento em que fiéis deixavam o local.

"Os seguranças, membros de um serviço chamado de Boys Brigade, tentaram impedi-lo de entrar e neste momento o carro explodiu", explicou. Ele afirmou que soldados presentes na área atiraram. "Três pessoas foram mortas pelos soldados que dispersavam a multidão", disse.

O presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, condenou o atentado e pediu à população que mantenha a calma e não responda com “ataques de represália”. O sacerdote da paróquia, Peter Umorem, indicou que o menino morto era membro dos escoteiros e estava encarregado da porta da igreja no momento do ataque.

“Estava no altar quando ouvi uma forte explosão. De repente, as coisas começaram a cair e se formou um pandemônio na igreja”, comentou o pároco, citado pela “Agência de Notícias da Nigéria” (NAN). Nenhum grupo reivindicou o atentado até o momento, mas um dos suspeitos é o grupo radical islâmico Boko Haram, que cometeu inúmeros ataques contra templos cristãos nos últimos meses.

Reportagem feita na Igreja Católica que foi atacada

Fonte: G1 | Divulgação: Midia Gospel