MIDIA GOSPEL

Ter01172017

Last update10:01:01

Sarah Palin ficou em oração até decidir não se candidatar à presidência

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Gospel o melhor da WEB Sarah Palin ficou em oração até decidir não se candidatar à presidência Noticia Mundo

A cristã e ex-governadora do Alaska, Sarah Palin, não entrará na corrida para a presidência dos EUA, como tudo indicava. Pelo menos não em 2012. Nessa quarta-feira (5) Palin anunciou, em uma carta aos partidários, a razão para sua decisão e prometeu continuar lutando.

“Depois de muita oração e sérias considerações, eu decidi que não vou buscar a indicação do Partido Republicano para presidente dos Estados Unidos em 2012″, escreveu Palin.

Ela enfatizou: “Como sempre, minha família vem primeiro e, obviamente, considerei ela grandemente antes de tomar essa decisão. Quando servimos a Deus, nos dedicamos primeiramente ao Senhor, à família e ao país. Minha decisão mantém essa ordem.”

Além da oração e da família, Palin disse que também baseou sua decisão em uma revisão do senso comum sobre o que os conservadores e os independentes têm realizado, especialmente em relação ao ano passado.

“Acredito que neste momento eu posso ser mais eficaz em um papel decisivo para ajudar a eleger outros verdadeiros servidores públicos para cargos governamentais do país, para as cadeiras do Congresso e até da presidência”, explicou ela. “Precisamos continuar na ativa e ajudar agressivamente aqueles que vão parar a ‘transformação fundamental’ da nossa nação e em vez disso buscam a restauração de nossa grandeza, nossa bondade e nossa república constitucional com base na regra da lei”, completou.

Palin agradeceu aos seus partidários e defensores “do fundo do seu coração”. Ela também se comprometeu a trabalhar com os americanos para trazer o país de volta e afirmou que um título não é necessário para atingir esse objetivo.

“Vou continuar a conduzir a discussão para a liberdade e o livre mercado, incluindo na corrida para presidente, onde os nossos candidatos devem adotar medidas imediatas para nossa independência energética, através do desenvolvimento de recursos internos, de fontes convencionais de energia, juntamente com as energias renováveis”, escreveu ela. “Temos de reduzir os encargos fiscais e regulamentações onerosas que matam a indústria americana, e os nossos candidatos devem sempre minimizar o governo para fortalecer a economia e permitir que o setor privado crie empregos”.

Nas próximas semanas, Palin prometeu coordenar as estratégias para ajudar na substituição do presidente Obama, renovar o Senado, e manter a Casa.

Fonte: CPAD News