MIDIA GOSPEL

Ter12122017

Last update02:02:08

Perseguição resulta em demolição de Igreja Protestante em Moscou

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel Perseguição resulta em demolição de Igreja Protestante em Moscou | Noticia Evangélica Gospel

Marcada pelos anos de Guerra Fria, como ex-potência soviética; o governo da Rússia passou longos anos lutando contra o crescimento das Igrejas em seu território. Hoje, tanto tempo depois dos conflitos entre capitalistas e socialistas, o cristianismo continua sofrendo com visões preconceituosas e contrárias do Estado. A Chechênia, localizada ao sul do país, ocupa o 20º lugar na classificação de perseguição aos servos de Deus. "A Rússia precisa de paz"

No início da semana passada, cristãos russos sabiam exatamente o que a destruição da Igreja da Santíssima Trindade significaria para a liberdade religiosa na ex-União Soviética.

"Foi a primeira vez, desde a revolução de Lênin e Stalin, que uma igreja foi vandalizada e destruída", disse Wade Kusack, representante dos Ministérios da Rússia.  À luz dos recentes acontecimentos, surge um horizonte obscuro no país e o futuro parece opressivo.

"É um sinal", disse Kusack. "Este é um claro sinal de todos os outros grupos que detestam protestantes na Rússia."

A congregação da Igreja da Santíssima Trindade ainda se reuniu com seu pastor, no domingo, em adoração a Deus, perto das ruínas de sua antiga sede. Dois dias depois, funcionários do governo mantiveram o líder cristão sob custódia da polícia por três horas, e o interrogaram sobre a "reunião ilegal" que manteve com os demais irmãos.

"Reuniões não autorizadas são proibidas por lei e podem ser punidas com até quatro anos de prisão ou multas enormes, de até 15 mil dólares, relatou Kusack. "Ele também foi ameaçado caso não cancelasse os encontros de cristãos."

A polícia usou táticas de intimidação, dizendo ao pastor que, se os crentes se reunissem novamente, mais pessoas seriam presas e ele poderia enfrentar a prisão por tempo indeterminado. Oficiais usaram uma lei recente como base de suas ameaças, que afirma que reuniões ao "ar livre" não podem ser realizadas sem a permissão do governo.

"Eles alegam que o prédio não pertence mais à congregação", explicou Kusack. "A propriedade está destruída, e a igreja não pode cultuar mais lá. Eles chutaram os cristãos para fora; os colocaram na rua e disseram, 'Nós não os conhecemos, não gostamos de vocês’," disse o representante Wade Kusack.

Como os cristãos russos reagiram?

"Eles afirmaram que vão adorar a Deus independentemente das circunstâncias", disse Kusack. "Vamos ver o que vai acontecer no próximo domingo. Autoridades não têm arrependimentos sobre o ocorrido, e acho que vão ser mais duras com os cristãos."Peça a Deus pela proteção dos crentes que enfrentam ameaças e perseguições

De acordo com Kusack, a situação da Igreja da Santíssima Trindade resume a nova postura do governo em relação às Igrejas em toda a Rússia. Autoridades exigem que as congregações protestantes deixem certas áreas, mas quando essas tentam alugar um prédio em outro local, funcionários estatais negam suas solicitações. "Eles procuram empurrar as Igrejas para longe de grandes cidades, como Moscou", afirmou Kusack.

A igreja citada tem buscado a justiça através dos tribunais russos, mas não está otimista sobre os resultados. Ore em favor dos cristãos russos perseguidos e peça a Deus pelas autoridades russas. Acima de tudo, clame pela paz na Rússia. "A situação está ficando cada vez pior e as tensões estão crescendo", disse Kusack. "A Rússia precisa de paz."

Fonte: Portas Abertas | Divulgação: Midia Gospel