MIDIA GOSPEL

Sex07282017

Last update07:22:17

França fechará embaixadas em países muçulmanos após charges

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel França fechará embaixadas em países muçulmanos após charges | Noticia Evangélica Gospel

Paris - Após um jornal francês ter publicado novas charges de Maomé, o Ministério das Relações Exteriores da França anunciou que fechará nesta sexta-feira suas embaixadas, escolas e centros culturais em vários países muçulmanos como medida de precaução.

Essa decisão deverá afetar mais de 20 países, comunicou o Ministério das Relações Exteriores da França, enquanto o jornal semanal "Charlie Hebdo", que publicou novas charges de Maomé nesta quarta, teve a segurança de seu prédio reforçada.

Além de enviar uma mensagem de "prudência" aos franceses que estejam ou moram nesses países, o Ministério pediu para os mesmos "não assumir nenhum tipo de risco, evitar aglomerações" e alertar os serviços de vigilância das embaixadas e consulados caso seja necessário.

Posteriormente, as autoridades francesas lembraram que os países que serão afetados possuem obrigação de garantir da segurança das representações diplomáticas francesas: "é de sua responsabilidade, em aplicação dos convênios internacionais".

As autoridades francesas também confirmaram que a segurança em suas embaixadas e consulados já foi reforçada, "assim como os procedimentos para acessar esses locais".

O ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, anunciou que já tinha enviado "instruções para esses países onde pode haver problemas".

Em declarações posteriores, Fabius insistiu que "a liberdade de expressão é uma regra na França", mas também lembrou que esta tem seus limites "nas decisões dos tribunais".

O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, que fez um discurso similar ao de Fabius, cobrou mais "responsabilidade" nesta situação.

Além disso, Ayrault declarou que não dará permissão a uma manifestação que havia sido convocada para protestar contra o vídeo que satiriza a figura de Maomé, o mesmo que causou uma grande onde de violência entre os muçulmanos, e precisou que não serão autorizados protestos deste tipo.

Fonte: Exame | Divulgação: Midia Gospel

Os melhores Estudos Biblicos Midia Gospel