MIDIA GOSPEL

Qua03292017

Last update05:20:20

Para Casais Fortalecerem Relacionamentos

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Casal Evangelico Feliz

Manter o foco dos objetivos em fortalecer relacionamentos


“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a sua alma e ao próximo como a ti mesmo” Jesus de Nazaré

Os dias se tornam cada vez dia mais intensos. Essas mil atividades criam a ilusão de que o tempo esta diminuindo e que os dias passam rápido.Pura ilusão. A verdade é que nos dias de hoje há uma agitação maior do que nas décadas passadas. No meio dessa correria se faz necessário manter o foco de direção dos objetivos em aprimorar os relacionamentos familiares.

Para isso precisamos ter esses alvos estabelecidos e concentrarmos firmemente neles. Na vida familiar há prioridades que devem ser focadas que é regra básica de tudo que acontece em termos de realização familiar. Tudo que fazemos em família, o foco maior é preservar os valores éticos que dão sustentação emocional e afetiva.

A fé em Deus é um fator inquestionável, porque todo e qualquer relacionamento precisa ser cultivado. A fé ativa e mística em Jesus Cristo é um ingrediente básico para fornecer energia afetiva para nos concentrarmos e estarmos direcionados para o alvo que é o aprimoramento nas relações familiares que é cultivar valores éticos.

Porque muitos casais perdem o foco de aprimorar relacionamentos? É muito comum na vida familiar perder o foco de direção. Não há energia emocional afetiva suficiente para nos manter num senso de direção. É preciso abastecer os “tanques” emocionais para que tenhamos motivação para o alvo maior que é cuidar do cultivo da qualidade dos nossos relacionamentos. Tudo o mais, vem a reboque.

Quando há conscientização de que aprimorar os relacionamentos familiares é o foco principal, devemos manter o sentido de direção nos relacionamentos. Isso é uma arte, porque, além de estabelecer a harmonia como base vital, significa ter uma visão de 360 graus em que o foco principal se torna amar de forma incondicional. Isso amplia a nossa visão aumentando o raio de visão, ou seja, adquirimos uma visão periférica sem perder o foco principal.

Essa habilidade adquirida em manter o foco de direção, nos mantém ligados em tudo a nossa volta e nos capacita a fazer avaliações e resolver problemas que serão obstáculos no progresso da família; aquelas “picuinhas” no diálogo, olhares e bocas que marcam, serão facilmente detectados, isso porque o foco principal determina os resultados, e a visão periférica age como um agente mantenedor na construção dos relacionamentos bem sucedidos. Quando conhecemos nosso alvo principal (amar de forma incondicional) e nos concentramos no poder de Deus para atingi-lo, adquirimos energia suficiente para solucionar problemas menores na periferia de nossa vida emocional.