MIDIA GOSPEL

Seg10232017

Last update12:02:07

Dicas de Psicólogo Para Superar Os Problemas Da Relação Amorosa

Gostou? Comente este artigo no fim da página
problema no meu casamento

Todo e qualquer relacionamento amoroso passa por problemas. Contudo, a capacidade de lidar com cada um deles varia de casal para casal. Para evitar maiores desgastes, é necessário saber analisar e driblar essas adversidades que aparecem pelo caminho.

O diálogo deve ser mantido dentro de um relacionamento, principalmente quando alguma das partes detecta um sinal de alerta, ou seja, um problema.

De acordo com o psicólogo Silmar Coelho, quem não dá importância a esses sinais e não corrige o que precisa certamente terá conflitos maiores. ''Problemas aumentam de tamanho quando não confrontados, são como um tanque de roupa suja, se não lavar hoje, amanhã tem mais''.

Entretanto, o casal deve saber que, diante de uma situação complicada, homens e mulheres agem de formas diferentes. Nem sempre é simples fazer com que o parceiro entenda o que o outro sente, e na hora da raiva, algumas pessoas perdem o controle, e conseqüentemente, a razão. Uma conversa sincera é importante, sem agredir ou culpar, mas sim explicando o que se sente.

Segundo Silmar, ''o que acontece, muitas vezes, é que homens e mulheres não enxergam o problema de forma semelhante. Um bom exemplo são a exposição dos sentimentos, uma vez que cada um manifesta de uma forma diferente''.

Exposição de sentimentos é um dos motivos de discussões entre alguns casais, pelo fato, mais uma vez, de que homens e mulheres pensam diferente. O psicólogo explica que ''o homem acha que provendo as necessidades da mulher está dizendo que a ama. Mas para a mulher essas coisas não bastam, pois ela precisa ouvir o tempo todo que é amada, já o homem não''.

O relacionamento deve ser construído com verdade. Contar o que acontece aumenta a confiança. Mas o que acontece, em alguns casos, são pessoas que falam mais do que o necessário, o que pode trazer problemas para a vida do casal. Um bom exemplo são informações que não vão agregar em nada a vida do outro, mas que em contrapartida podem provocar ciúme e briga. Por isso deve haver um bom senso antes de dizer algumas coisas desnecessárias. Silmar diz que falar ou deixar de falar deve ser analisado dentro da situação e da personalidade do parceiro.

O que é fato é que problemas todos os casais têm, mas vale o esforço e a tentativa para superá-los e fazer a relação ser melhor a cada dia. Silmar finaliza dizendo que ''uma relação saudável é construída todos os dias, com pequenos gestos e atitudes de respeito e amor''.

O doutor Silmar Coelho doutorou-se em Psicologia e Liderança pela Universidade Oral Roberts, Tulsa, Estados Unidos. Palestrante renomado e conferencista internacional, o doutor Silmar Coelho é um escritor premiado, escreveu vários best-sellers nas áreas de aconselhamento familiar, liderança e motivação.

O doutor Silmar Coelho possui escritório no Rio de Janeiro, mas viaja o mundo inteiro para palestrar em workshops e empresas. Além disso, também é muito requisitado para participar de programas de televisão, rádio e dar entrevistas para revistas de diversos segmentos seguimentos.

 

Para mais informações sobre o doutor Silmar Coelho, acesse o site www.silmarcoelho.com.br ou ligue para (21) 2443-2071.

 

Silmar Coelho é pastor; doutor em teologia e liderança pela Universidade Oral Roberts, EUA; empresário; terapeuta; conferencista internacional; e escritor de 20 livros, entre eles: "Jamais desista", Editora Vida e "Transformando lágrimas em vinho",  Editora MK.

Fonte Estudos Gospel


Porque as cinzas não resolvem? - Carnaval

Porque as cinzas não resolvem? - Carnaval

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Reflexões para o Ano Novo

Reflexões para o Ano Novo

Gostou? Comente este artigo no fim da página
O Natal é Cristão?

O Natal é Cristão?

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Lady Gaga Diz a Um Crente que vai levar todo mundo pro inferno!

Lady Gaga Diz a Um Crente que vai levar todo mundo pro inferno!

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Saudades de Avenida Brasil

Saudades de Avenida Brasil

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Solitário, mas nunca sozinho

Solitário, mas nunca sozinho

Gostou? Comente este artigo no fim da página