MIDIA GOSPEL

Dom10222017

Last update05:20:37

A Constituição da Família e Curiosidades

Gostou? Comente este artigo no fim da página

I. A origem

A família é tão importante dentro do plano de Deus que foi a única instituição criada par ele antes da queda humana. A família é essencial ao desenvolvimento humano, e por isso, ao criar o homem, Deus instituiu a família. Ao institui-la o Eterno estava lançando a base sobre a qual se construiria e se preservaria a sociedade humana.
Todavia, o homem pecou, caiu. E assim a família sofreu graves conseqüências.,
A criação da família surge coma resposta de Deus á inadequação do homem a solidão, já que este fora criado para se relacionar. O Senhor não apenas realizou o casamento do primeiro casal, mas também o instituiu como modelo para toda raça.  Inicialmente a família é constituída de homem e mulher criados á imagem e semelhança de Deus como seres relacionais e, por isso mesmo com capacidade de união a tal ponto de se tornarem uma só carne.
Num segundo momento a família é acrescida de filhos, aumentando-se assim a gama de relacionamentos.

II. PROPÓSITO DA FAMÍLIA

Companheirismo e complementação mútua do casal, Gn 2:18,I Co11:9,11
Satisfação amorosa e mútua do casal, Ec 9:9; Propagação do gênero humano, Gn 1:28;  Preservação da pureza moral, na família e na sociedade, I Co 7:2;
Estabelecimento do lar, Mt 19:5;  Ser um meio de falar de Cristo e da Sua igreja, Ef 5:31-32.

III. PRESERVAÇÃO

Apesar de todo ataque do inimigo e o conceito equivocado da sociedade decadente e imoral, de que o casamento é uma instituição fadada ao fracasso, a verdade é que a família enquanto viver no modelo estabelecido por Deus, e repudiar o padrão de liberdade falido do mundo, tão bem caracterizado nas novelas, será indestrutível.
I. A partir do século XVIII, o mais emblemático dos elementos simbólicos de um matrimônio é o próprio vestido de noiva, imediatamente associado ao véu e à grinalda - uma referência clássica que remonta aos atributos em coroa dos deuses da Grécia e de Roma - e aos anéis que se entregam reciprocamente.
O véu da noiva nem sempre foi branco como o não é ainda entre outras culturas não ocidentais. No mundo latino o véu era cor de laranja avermelhado, a cor do fogo, simbolizando a chama do amor que se deve alimentar no dia a dia para se manter acesa e flamejante. O branco é para as noivas porque as deusas e as rainhas o trajavam e porque reforça a idéia de donzela pura, romântica inocente.
II. Era costume atirar grãos de arroz sobre os noivos na saída da igreja é um costume europeu, que significa o desejo de que a noiva seja fértil. Antes do arroz era comum jogar trigo ou qualquer tipo de cereal.
Já em Roma, o bolo tinha um significado especial. Ele era preparado com água, pão de trigo e sal e comido cerimonialmente pelos noivos, uma vez que simbolizava vida a ser conjugada pelo casal a partir do casamento.
III. A palavra Boda, que significa comemoração, (pronuncia-se "bôda"), é designada para comemorar aniversário de casamento em determinados anos. Aqui no Brasil. é costume dizer Bodas no plural. As bodas de prata (vinte e cinco anos) e de ouro (cinqüenta) são as mais conhecidas e comemoradas. Eis a relação:

01. Qual a origem da Lua de Mel?
Na antiguidade, quando os casais se casavam e iam para casa para a noite de núpcias, os vizinhos e parentes desenhavam uma lua com mel na porta da casa para dar sorte. Daí a expressão "lua de mel".
Outros dizem que havia entre os germanos o hábito de casar-se na lua nova, e, na oportunidade, os noivos levavam para beber sob o luar, o hidromel (água com mel). Daí a expressão: lua-de-mel.

02. Porque a noiva leva um ramo de flores?
Porque as flores simbolizam a vida, o crescimento e a fertilidade.

03. Porque a noiva entra à direita e também sai pela direita?
Porque biblicamente estar à direita quer dizer sinal de honra e submissão à esta pessoa.

04. Porque o noivo não pode ver a noiva vestida antes da cerimônia religiosa?
Porque segundo esta tradição remota aos ritos primitivos, ninguém podia ver uma jovem antes de ela passar completamente para o grupo das mulheres e contemporaneamente existe outras razões, entre elas o elemento surpresa.

05. Porque é que se dá uma festa de casamento?
As festas são tão antigas quanto os ritos de casamento. Por exemplo, na cultura da Antiga Grécia o casamento era a única cerimônia em que as mulheres podiam participar. Nos tempos mais modernos, possuem outras razões.

06. Porque é que se faz um brinde?
A bebida esteve sempre relacionada com o casamento. Nos antigos ritos, o vinho era a bebida utilizada e é referenciada na Bíblia, mas o primeiro registro de um brinde remonta a uma festa de casamento dos Saxões no ano de 450, Antes de Cristo.

07. Porque é que há um bolo de casamento?
Os bolos sempre estiveram associados aos casamentos ao longo da história. Os romanos partilhavam um bolo confeccionado com farinha, sal e água. O partir do bolo pelos noivos simboliza que eles irão repartir o futuro.

08. Que a entrega do buquê representa a despedida da noiva?
Ela deve jogá-lo pouco antes de ir embora, ou pode também dá-lo de presente a uma amiga solteira.

09. Que para as solteiras, um dos momentos mais interessantes de uma festa de casamento diz respeito ao momento em que a noiva atira o buquê. Tudo porque acreditam que quem o apanhar será a próxima a casar.

10. Que o véu significa o recato e a castidade.

11. Que a coroa ou a grinalda tornou-se tradição para os cristãos e eslavos.

12. Que um dos símbolos mais antigos do casamento é a aliança, que já era usado pelos hebreus, se tornando costume da antiga Roma e mais tarde dos cristãos do Oriente e do Ocidente.

01 Ano  -  Bodas de Papel
02 Anos - Bodas de Algodão
03 Anos - Bodas de Frutos/Flores
04 Anos - Bodas de Seda
05 Anos - Bodas de Madeira
06 Anos - Bodas de Açúcar/Perfume
07 Anos - Bodas de Lã
08 Anos - Bodas de Papoula/Bronze
09 Anos - Bodas de Vime/Cerâmica
10 Anos - Bodas de Estanho
11 Anos - Bodas de Topázio
12 Anos - Bodas de Ônix
13 Anos - Bodas de Safira
14 Anos - Bodas de Quartzo
15 Anos - Bodas de Cristal
16 Anos - Bodas de Turmalina
17 Anos - Bodas de Âmbar
18 Anos - Bodas de Ágata
19 Anos - Bodas de Água Marinha
20 Anos - Bodas de Porcelana
21 Anos - Bodas de Zinco
22 Anos - Bodas de Louça
23 Anos - Bodas de Marfim
24 Anos - Bodas de Turquesa
25 Anos - Bodas de Prata
26 Anos - Bodas de Alexandria
27 Anos - Bodas de Crisopásio
28 Anos - Bodas de Hematita
29 Anos - Bodas de Lã
30 Anos - Bodas de Pérolas
31 Anos - Bodas de Nácar
32 Anos - Bodas de Pinho
33 Anos - Bodas de Crizo
34 Anos - Bodas de Oliveira
35 Anos - Bodas de Coral
36 Anos - Bodas de Cedro
37 Anos - Bodas de Aventurinha
38 Anos - Bodas de Carvalho
39 Anos - Bodas de Mármore
40 Anos - Bodas de Rubi
41 Anos - Bodas de Aço
42 Anos - Bodas de Linho
43 Anos - Bodas de Azeviche
44 Anos - Bodas de Carbonato
45 Anos - Bodas de Platina
46 Anos - Bodas de Alabastro
47 Anos - Bodas de Jaspe
48 Anos - Bodas de Granito
49 Anos - Bodas de Heliotrópico
50 Anos - Bodas de Ouro
51 Anos - Bodas de Bronze
52 Anos - Bodas de Argila
53 Anos - Bodas de Artimênia
54 Anos - Bodas de Níquel
55 Anos - Bodas de Ametista
56 Anos - Bodas de Malaquita
57 Anos - Boas de Lápis Lazuli
58 Anos - Bodas de Vidro
59 Anos - Bodas de Cereja
60 Anos - Bodas de Jade
61 Anos - Bodas de Cobre
62 Anos - Bodas de Telunta
63 Anos - Bodas de Sândalo
64 Anos - Bodas de Fabulita
65 Anos - Bodas de Ferro
66 Anos - Bodas de Ébano
67 Anos - Bodas de Neve
68 Anos - Bodas de Chumbo
69 Anos - Bodas de Mercúrio
70 Anos - Bodas de Vinho
75 Anos - Bodas de Diamante
80 Anos - Bodas de Nogueira
Porque as cinzas não resolvem? - Carnaval

Porque as cinzas não resolvem? - Carnaval

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Reflexões para o Ano Novo

Reflexões para o Ano Novo

Gostou? Comente este artigo no fim da página
O Natal é Cristão?

O Natal é Cristão?

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Lady Gaga Diz a Um Crente que vai levar todo mundo pro inferno!

Lady Gaga Diz a Um Crente que vai levar todo mundo pro inferno!

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Saudades de Avenida Brasil

Saudades de Avenida Brasil

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Solitário, mas nunca sozinho

Solitário, mas nunca sozinho

Gostou? Comente este artigo no fim da página