MIDIA GOSPEL

Seg12052016

Last update01:10:10

Estudo Biblico Elias no Monte da Transfiguração

Gostou? Comente este artigo no fim da página
Estudo Biblico Fé Que Move Montanhas Os melhores Estudos Biblicos

ESTUDO BIBLICO

Estudo Biblico Fé Que Move Montanhas Os melhores Estudos Biblicos

FÉ QUE MOVE MONTANHAS - ESTUDO BIBLICO

Muitos se recusam a confiar nesta ousada promessa de Jesus. Alguns dizem que Deus já não responde a orações nesta maneira. Outros dizem que isto aconteceria se tivéssemos bastante fé, mas que dificilmente alguém conseguiria conjurar tanta fé. Jesus não está se referindo a montanhas literais, mas a obstáculos maiores e mais poderosos. As montanhas são usadas simbolicamente na Bíblia para LEIA MAIS
Estudo Biblico Deus Pode Criar Uma Pedra Tão Pesada Que Ele Não a Possa Levantar? Os melhores Estudos Biblicos

DEUS PODE CRIAR UMA PEDRA TÃO PESADA QUE ELE NÃO A POSSA LEVANTAR? - ESTUDO BIBLICO

Assim como é impossível fazer um triângulo de um lado, é impossível fazer uma pedra tão pesada que não possa ser levantada. O que um Deus todo-poderoso pode criar, ele obviamente pode levantar. Colocando de outra forma - Deus pode fazer tudo que seja logicamente possível. Finalmente, deveríamos observar... LEIA MAIS
Estudo Biblico Elias no Monte da Transfiguração Os melhores Estudos Biblicos

ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO - ESTUDO BIBLICO

Muito já se escreveu sobre o episódio de Elias no monte da transfiguração, e para este subsídio gostaria apenas de trazer uma reflexão sobre a necessidade de uma fé que não se limita, nem se contenta com a ausência do sobrenatural, das visões e da percepção inconfundível da presença do Senhor. Há milhares de cristãos que ao longo da história da Igreja tiveram visões, onde anjos e LEIA MAIS
Estudo Biblico Andando Nos Vales.estudos Fortalecimento Espiritual Os melhores Estudos Biblicos

ANDANDO NOS VALES | ESTUDO FORTALECIMENTO ESPIRITUAL

Minha indagação a Deus é o porquê de tantas batalhas serem levadas para os vales? Porque tantas menções de vales no contexto bíblico? Por que passamos grande parte de nossas vidas no vale de batalhas em meio a lutas sangrentas? Vi dentre os muitos relatos bíblicos que existem vales, locais estes onde ninguém deseja passar, pois nesses lugares nossos sonhos são metralhados pelo desânimo LEIA MAIS
Estudo Biblico Deus e o Destino do Homem Os melhores Estudos Biblicos

DEUS E O DESTINO DO HOMEM - ESTUDO BIBLICO

Eternidade. O que significa essa palavra e por que motivo alguém deveria aceitar esse conceito, principalmente no que se refere ao destino do homem? Sabemos por experiência própria, e através da observação da natureza, que as coisas materiais se deterioram. A Segunda Lei da Termodinâmica nos diz que todo o universo está se desgastando, como um relógio que está perdendo a corda LEIA MAIS
Estudo Biblico Os Anjos, e o Anjo do Senhor Os melhores Estudos Biblicos

OS ANJOS, E O ANJO DO SENHOR - ESTUDO BIBLICO

A Bíblia fala em anjos bons e em anjos maus, embora ressalte que todos os anjos foram originalmente criados bons e santos (Gn 1.31). Tendo livre-arbítrio, numerosos anjos participaram da rebelião de Satanás e abandonaram o seu estado original de graça como servos de Deus, e assim perderam o direito à sua posição celestial. LEIA MAIS
Estudo Biblico Festas Juninas Os melhores Estudos Biblicos

FESTAS JUNINAS - ESTUDO SOBRE FESTA JUNINA

Depois do Carnaval, o evento mais esperado do calendário brasileiro são as festas juninas, que animam todo o mês de junho com muita música caipira, quadrilhas, comidas e bebidas típicas em homenagem a três santos católicos: Santo Antônio, São João e São Pedro. Naturalmente as festas juninas fazem parte das manifestações populares mais praticadas no Brasil LEIA MAIS

Site para Divulgar Pregadores e Pastores.Central de Pregadores

Esta recebendo este newsletter porque seu E-MAIL consta ativo na seção Estudos. Para exclui-lo definitivamente desta lista e não receber novamente clique abaixo em unsubscribe now

Newsletter Enviado para 45.311 e-mails Cadastrados

ABAIXO ESTÃO OS ARTIGOS MAIS ACESSADOS ATRAVÉS DE PROCURAS REALIZADAS ATRAVÉS DO SITE GOOGLE.COM.BR SOBRE O ASSUNTO - ELIAS E O MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO

MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO | PREGAÇÕES
No monte da transfiguração a visão espiritual é ampliada, podemos contemplar o mundo espiritual: Moisés e Elias e Jesus Glorificado. Moisés representa a Lei, e Elias, os profetas. Era com se Jesus revelasse aos seu três amigos, que tudo iria acontecer segundo o propósito divino, tudo estava no seu controle, suas promessas se realizariam.

O SOFRIMENTO DE JESUS E A DOUTRINA DA REENCARNAÇÃO
A experiência no Monte da Transfiguração, testemunhada por três discípulos, prova que tanto Moisés como Elias estavam vivos. Como que alguém que está vivo, como Elias, poderia reencarnar no corpo de João Batista? É premissa no Espiritismo que só reencarna quem já morreu antes. Assim, João Batista jamais poderia ter sido Elias reencarnado

ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO - UM COMENTÁRIO À LIÇÃO DA ESCOLA DOMINICAL
A narrativa de Jesus no monte da transfiguração objetiva apresentar Jesus Cristo como o Messias (Deus Conosco). Na ocasião, a presença de Moisés tipificava a lei; a pessoa de Elias representava toda a classe de profetas, que predisseram sobre a vinda do Messias; e os discípulos estiveram ali como testemunhas do ocorrido. A experiência aconteceu logo após a confissão de Pedro sobre a divindade de Jesus: "Tu és o Cristo" (Mateus 16.16; Marcos 8.27-29)

EVANGELHO DE JESUS CRISTO: O MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
"Há uma voz que Pedro falou no monte da transfiguração, esta voz errônea! Foi um erro quando ele realmente tentou igualar, fazer igual Cristo com os outros dois extremamente importantes servos de Deus (Moisés e Elias). Eles eram muito importantes e é por isso que Deus os enviou. Mas foi errado para Pedro dizer que ele queria construir três tendas. É por isso que imediatamente a nuvem desceu, a glória do Senhor, a glória do Espírito Santo envolveu (cobriu) os dois servos e enquanto a glória estava levando os dois servos embora, a Voz falou e disse, "este é Meu Filho Amado, Nele Eu tenho prazer, ouvi-O"

SÁBADO DE QUEM?
Como se vê, tanto no Monte Sinai, quanto no Monte da Transfiguração, Deus está diante de pessoas judias. No Sinai, ao dar a Lei, o monte incandesceu; na transfiguração, os três discípulos viram Jesus, Moisés e Elias rebrilharem como o Sol. Num e noutro caso, os circunstantes eram todos judeus. “Quando os três discípulos Pedro, Tiago e João – todos judeus, estavam com Cristo no Monte da Transfiguração, veio uma voz do Céu, dizendo: ... Este é o Meu Filho amado; a Ele ouvi (Luc. 9: 35). Devemos então compreender daí que esta ordem do Pai de ouvir a Cristo devesse ser obedecida unicamente por aqueles três discípulos, ou, quando muito, unicamente pela raça judia, da qual faziam parte? Isto, porém, seria tão razoável como a conclusão acerca do mandamento do Sábado.” – Francis D. Nichol, Objeções Refutadas, pág. 23.

O QUE MOISÉS FAZIA VIVO NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO? | A LENDA DA IMORTALIDADE DA ALMA
Moisés foi de fato vivificado para aparecer no monte da transfiguração, mas não adentrou os céus em glória como Jesus, foi uma vivificação temporária, uma tipologia e representação da ressurreição geral dos mortos no último dia, ele " aparecera naquele momento como aparecerá ressurreto no dia final" , e não uma ressurreição direto para a vida eterna no Céu. A vivificação de Moisés não contraria nenhum princípio da Palavra de Deus sobre Jesus ter sido o primeiro a ressuscitar gloriosamente para o Céu sem passar novamente pela morte , porque não dizemos que Moisés ressuscitou gloriosamente para o Céu sem passar novamente pela morte . Uma coisa é bem diferente da outra e elas não se misturam para que uma anule a outra

SOBRE OS DOIS MONTES | SERMÃO ONLINE
Lá à distância eu também podia ver o mesmo personagem ao centro, como no monte da transfiguração, embora numa situação bastante adversa, tendo de cada lado não as figuras tranqüilizadoras de Moisés e Elias. Mas, dois mal feitores, dois ladrões entre os quais estava sendo contado, e na mesma situação, isto é, pendurado numa horrível cruz

O QUE MOISÉS FAZIA VIVO NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO? | IMORTALIDADE DA ALMA
E foi precisamente isso o que possibilitou que ele aparecesse corporalmente no monte da transfiguração: a sua vivificação dos mortos. Os judeus acreditavam na assunção de Moisés, o diabo tentou mantê-lo preso à sepultura, mas Miguel prevaleceu e Moisés voltou à vida, e apareceu no monte da transfiguração ao lado de Cristo e Elias. Isso certamente não significa que todo o livro da assunção de Moisés é inspirado, significa apenas que aquele fato -- da ressurreição de Moisés -- é uma verdade. Verdade é verdade em qualquer lugar. Os hebreus de sua época acreditavam plenamente em tal fato, e Judas também acreditava nisso, tanto que ele transcreveu para a Bíblia Sagrada a passagem do livro judaico sobre tal acontecimento

VIAGENS NO TEMPO REGISTRADAS NA BÍBLIA?
E quanto a Elias? Já vimos que ele embarcou em um redemoinho, para desembarcar no monte da Transfiguração. De onde veio esse excêntrico profeta que enfrentou Acabe, Jezabel e os profetas de Baal em seus dias? Ele veio do futuro

O QUE MOISÉS FAZIA VIVO NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO?
Uma passagem que tem sido usada com certa frequencia pelos imortalistas é a cena que ocorreu no monte da transfiguração, acontecimento este registrado em Mateus 17:1-8, em Marcos 9:2-8 e em Lucas 9:28-36, onde Elias e Moisés aparecem vivos a Pedro, Tiago e João, e conversam com o Senhor Jesus no monte. Mas como isso pôde ter ocorrido de fato, se, como vimos, os mortos só voltam à vida através da ressurreição? Isso levou alguns imortalistas a conjecturarem que foram almas incorpóreas que desceram do além e se apresentaram a Cristo e aos três discípulos naquela ocasião, e que isso seria "prova" da sobrevivência da alma após a morte. Seria isso verdade? É isso o que vamos descobrir agora

MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
"Seis dias depois Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e subiram a um monte denominado Monte da Transfiguração e, chegando lá se transfigurou diante deles de tal maneira que suas vestes brilhavam tanto que nenhum lavandeiro poderia fazê-lo, e todo o ser do Senhor Jesus estava brilhando de tal forma que os discípulos desmaiaram em meio a tanta glória, e apareceram-lhes numa nuvem Moisés e Elias falando a Ele." (Mc 9:2-9)

AS DUAS TESTEMUNHAS: MOISÉS E ELIAS
Para fazer um círculo completo, vamos voltar um breve momento para onde começamos. Uma das lições mais importantes a partir do Monte da Transfiguração é que ele representa um retrato em miniatura da segunda vinda de Jesus

SERIA JOÃO BATISTA A REENCARNAÇÃO DE ELIAS?
Em segundo lugar, os discípulos de Jesus compreenderam que Ele estava falando a respeito de João Batista, uma vez que Elias apareceu no monte da transfiguração (Mt 17.10-13). Como o profeta nessa ocasião já havia vivido e morrido, e uma vez que Elias ainda possuía o mesmo nome e a sua própria consciência, é óbvio que Elias não havia reencarnado em João Batista

UM AMIGO DE DEUS
Quando Jesus enfrentou o mais significativo encargo da sua vida, ele chamou três amigos para estarem com ele. Começou naquela ocasião crucial do Monte da Transfiguração, logo depois que anunciara que iria para a cruz. Deus agora estava conduzindo Jesus, junto com seus discípulos, para esse ponto no tempo que mudaria o curso da eternidade. Nunca houve um momento que se igualasse com aquele. E a intensidade do Monte da Transfiguração se revelava no fato de que não só o próprio Pai fez questão de estar ali, mas que também trouxe Moisés e Elias. A intensidade de carregar esse fardo do mundo era tão pesada que o Pai trouxe mais recursos e Jesus trouxe três dos seus discípulos. Havia três que ele pôde levar junto consigo mais adiante do que seria possível com os demais

AS DUAS TESTEMUNHAS: MOISÉS E ELIAS
Você sabia que existe uma história na Bíblia que fala de uma montanha em chamas com luz celestial? Mesmo que raramente abordado, este evento, chamado de Monte da Transfiguração, ou às vezes o Monte Glorioso, é um dos momentos mais importantes do Novo Testamento. Esta experiência monumental encontrada nos Evangelhos de Mateus 16, Marcos 9 e Lucas 9 está cheia de profundo significado para os cristãos, e isso ajuda a esclarecer muitas outras maravilhosas verdades da Bíblia. Quando deveriam estar ajoelhados com Ele no jardim, lembrando a glória que testemunharam, eles adormeceram. E porque Pedro, Tiago e João estavam dormindo no Monte da Transfiguração, eles perderam todo o potencial da sua experiência. Esqueceram-se do Monte Glorioso, pois não estavam prontos para seguir a Cristo no Monte Calvário. Eu me pergunto se isso assombrou-os pelo resto de suas vidas: a oportunidade perdida por terem dormido quando deveriam ter orado

NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO FORAM ESPÍRITOS QUE APARECERAM AOS DISCÍPULOS?
Moisés o grande líder do povo de Israel também foi ressuscitado. Sabemos que ele foi ressuscitado porque o Senhor o sepultou num vale na terra de Moabe,e depois ele apareceu juntamente com Elias no monte da transfiguração para animar e conforta a Jesus

A VITÓRIA É NOSSA PELO SANGUE DE JESUS - ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
Os intérpretes observam que havia uma preocupação dos discípulos sobre a relação do aparecimento de Elias e a manifestação do Messias. Esse fato é demonstrado na pergunta que eles fazem logo após descer o monte da transfiguração “E os seus discípulos o interrogaram, dizendo: Por que dizem então os escribas que é mister que Elias venha primeiro?” (Mt 17.10). O fato é que a profecia referente a Elias falava de “restaurar todas as coisas” (Mt 17.11) e os discípulos não entendiam como o Messias tanto esperado pudesse morrer em um contexto de restauração. Cristo corrige esse equívoco mostrando que a cruz faz parte do plano divino para restaurar todas as coisas (Mt 17.12; Lc 9.31; F1 2.1-11)

ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
Humilhação. Os intérpretes destacam que havia uma preocupação dos discípulos sobre a relação do aparecimento de Elias e a manifestação do Messias. Esse fato é demonstrado na pergunta que eles fazem logo após descer o monte da transfiguração (Mt 17.10). Como D. A. Carson observa, o fato é que a profecia referente a Elias falava de "restaurar todas as coisas" (Mt 17.11) e os discípulos não entendiam como o Messias tão esperado pudesse morrer em um contexto de restauração. Cristo corrige esse equivoco, mostrando que a cruz faz parte do plano divino para restaurar todas as coisas (Mt 17.12; Lc 9.31; FI 2.1·11)

O SOFRIMENTO DE JESUS E A DOUTRINA DA REENCARNAÇÃO
Os discípulos puderam ver Jesus glorificado e o Reino dos Céus antes de provarem a morte, cumprindo a profecia de Jesus em Mateus 16:28. E o apóstolo João foi ainda mais privilegiado porque cerca de 60 anos depois da experiência gloriosa no Monte da Transfiguração, já velho e preso na Ilha de Patmos por causa da pregação do Evangelho, viu coisas gloriosas a respeito do futuro e as escreveu por ordem do Senhor no livro de Apocalipse. Convém a você, com tempo, fazer a leitura deste último livro da Bíblia

A MEMÓRIA DO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO NA OBRA DA IGREJA
Deparando-nos com um momento difícil de flagrante apostasia, em que o Evangelho tem sido tão deturpado por falsos pastores, os quais enfatizam equivocadamente as curas e os milagres como sendo o alvo principal de Jesus, vale a pena retornarmos ao monte da Transfiguração. Aprendemos ali que é a cruz que deve ocupar a missão central de Cristo e da Igreja. Por isso, precisamos encarar sem medo esse desafio, crendo que, no "terceiro dia", Deus fará com que venhamos resplandecer junto com Moisés, Elias e o Senhor Jesus pelo seu poder.

VINHO NOVO EM ODRES NOVOS | MONTE SIÃO
Jesus, ao ser batizado, veio o Espírito Santo sobre ele e ouviu-se uma voz do céu: Este é o meu filho em quem me comprazo, a ele ouvi. Você deve ouvir a Jesus. Esta é a orientação para a sua vida. Siga suas direções. Naquele tempo, Jesus estava iniciando seu ministério. Mais tarde, no monte da transfiguração, Jesus está na companhia de Elias, o profeta e Moisés, aquele que libertou os israelitas e trouxe a Lei para o povo. Outra vez a voz do Pai é ouvida dizendo que Jesus deveria ser ouvido. Col. 2:15 – Todo dia é dia de culto, de louvor e adoração, é dia de DEUS. Onde dois ou mais estiverem reunidos, em nome dele, o Senhor estaria presente. Deus pode transformar a rodada de pizza num culto. Jesus não está falando de uma estrutura, mas de um novo estilo de vida. No AT você olhava para Moisés para saber quem era Deus. No NT nós olhamos para Jesus. No monte da transfiguração, a quem Deus pede para dar ouvidos? Não foi a Moisés ou Elias, mas sim ao seu filho. No batismo, diante de todos, ouviu-se a mesma ordem

AS DUAS TESTEMUNHAS: MOISÉS E ELIAS
Tal como Jesus, Moisés estava em uma montanha com as mãos levantadas, sustentadas de um lado e do outro por Arão e Hur (Êxodo 17:12) . Claro, quando Jesus morreu no Calvário, dois ladrões o rodeavam um a sua direita e outro à sua esquerda, representando dois tipos de pecadores, da mesma forma você têm Moisés e Elias acompanhando Jesus no Monte da Transfiguração. Eu acho que antes de escalarmos o Monte Glorioso, é preciso escalarmos o Monte do Calvário. Deus quer confirmar Sua aliança com você e enche-lo do Seu Espírito, e isso vai acontecer quando você se humilhar sobre o monte onde Jesus foi morto

A TRANSFIGURAÇÃO - PROFECIAS - LC 9,28-36
Eles estavam dormindo e só acordaram no fim. Ainda puderam ver um restinho da glória de Jesus, mas não escutaram a conversa sobre o êxodo. Como acontece conosco tantas vezes, eles escutaram só aquilo que lhes interessava. O resto escapou da atenção deles! E agora, acordando, falam bobagem, ficam com medo e não querem mais descer. Toda vez que se fala da cruz, tanto no Monte da Transfiguração como no Monte das Oliveiras (Lc 22,45), eles dormem. Gostam mais da glória do que da cruz. Parece que a fala da cruz não agrada. Eles querem é segurar o momento da glória no alto do Monte e se oferecem para construir três tendas

ADORANDO - LOUVOR E ADORAÇÃO
É por isso que Campbell Morgan sugeriu: Se Adão nunca tivesse caído e tivesse tomado do fruto da árvore da vida, ele iria crescer continuamente. E, um dia, ele partiria deste mundo. Mas ele não partiria deste mundo através da morte. Então o que aconteceria? Ao receber do fruto da árvore da vida, ele estaria sendo transformado à imagem do Senhor Jesus. O sinal de que aquela vida estava madura seria algo semelhante ao que aconteceu no Monte da Transfiguração"

O MONTE TRANSFIGURAÇÃO
Devagar, os doze apóstolos estavam captando a idéia de que Jesus lhes estava contando algo sobre a possibilidade da sua morte. E, apenas vagamente, eles compreenderam o que ele havia dito sobre a própria morte, enquanto a sua afirmação sobre ressurgir dos mortos não se registrou absolutamente naquelas mentes. À medida que passaram os dias, Pedro, Tiago e João, relembrando-se da experiência pela qual haviam passado no monte da transfiguração, chegaram a um entendimento mais pleno de algumas dessas questões

O QUE MOISÉS FAZIA VIVO NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO?
Moisés viu a corrupção. Outra coisa que jamais foi negada por mim, visto que não sabemos precisamente quando que Moisés foi ressuscitado por Miguel (a Bíblia relata este fato de modo que podemos ter a convicção de que ocorreu, conquanto não saibamos exatamente quando ocorreu). Moisés não ter visto a corrupção de modo algum é alguma premissa necessária para o fato de que Moisés foi vivificado temporariamente e apareceu com Cristo e Elias corporalmente no monte da transfiguração. Muitos dos que Cristo ressuscitará no último dia terão visto a corrupção em seus túmulos, e obviamente não deixarão de ressurgir por causa disso

ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
Glória divina. Mateus detalha que durante a transfiguração "uma nuvem luminosa os cobriu" (Mt 17.5). É relevante o fato de que Mateus, ao escrever o evangelho aos hebreus, põe em evidência o fato de que Jesus é o Messias anunciado no Antigo Testamento. Isso pode ser visto na manifestação da nuvem luminosa, que está relacionada com a manifestação da presença de Deus (Êx 14.19,20; 24.1 5-1 7; I Rs 8.10,11; Ez 1.4; 10.4). Tanto Moisés como Elias, quando estiveram no Sinai, presenciaram a manifestação dessa glória. Todavia, não como os discípulos a vivenciaram no Monte da Transfiguração (Mt 17.1,2)

TRANSFIGURAÇÃO
Da Liturgia Eucarística: Ó Deus, que nos mandastes ouvir o vosso Filho amado, alimentai nosso espírito com a vossa palavra, para que purificado o olhar de nossa fé, nos alegremos com a visão da vossa glória. Por nosso senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo

SOBRE OS DOIS MONTES | SERMÃO
Da minha escrivaninha improvisada com caixas e cadeiras velhas, eu via a minha esquerda uma linda pastagem com algumas arvores que serviam de sombra para os animais que ali pastavam. E mais à frente eu via um monte relativamente elevado contra um céu azul límpido de verão, com algumas roças de milho, aipim, e outras culturas as quais eu não conseguia identificar devido à distância

O MONTE TABOR : VIAGEM À TERRA SANTA
A hora da Transfiguração veio para Jesus, quando Ele estava para entrar na noite escura de sofrimento e da morte. Como membros do Seu Corpo, só podemos receber a graça da transfiguração que Ele ganhou para nós, seguindo o mesmo caminho: o caminho da humilhação e da purificação

TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR
Ao tratar da Transfiguração de Jesus, assim se exprime São Tomás de Aquino sobre essa necessidade muito própria à criatura humana: "Para trilharmos bem um caminho, é necessário termos um conhecimento prévio do fim. Assim, o arqueiro não lança com acerto a seta, senão mirando primeiro o alvo que deve alcançar. (...) E isso sobretudo é necessário, quando o caminho é difícil e áspero, a jornada laboriosa, mas belo o fim" (3, q.45, a.1, c)

ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO | ESCOLA DOMINICAL
No evento da transfiguração observamos que o texto destaca os nomes de Moisés e Elias (Mt 17.3). Há um entendimento na igreja cristã que Moisés prefigura a Lei enquanto Elias, os profetas. E perceptível nessa passagem que Moisés aparece como uma figura tipológica. De fato, Mateus procura mostrar isso quando põe em evidência o próprio Deus falando aqui: "A Ele ouvi" (Mt 17.5). Moisés pronuinciou exatamente estas palavras citadas nesse texto quando se referia ao Profeta que viria depois dele: "O Senhor, teu Deus, te suscitará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, semelhante a mim; a ele ouvirás" (Dt 18.15). A transfiguração revela que Moisés tem seu tipo revelado em Jesus de Nazaré e que toda a lei apontava para Ele

ELIAS NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
Moises esteve no monte Sinais ou Horebe cerca de quinhentos anos ante de Elias, agora Jesus transfigurado, Moises e Elias se encontram em um monte que não é identificado; O comentário bíblico do Novo Testamento na pagina 52, indica como provável alguma elevação do monte Hermom, que mede aproximadamente 2.865 Metros de Altura. E disse o SENHOR a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela." (Números 21 : 8). Moises levantou a serpente no deserto, assim como Cristo foi levantado na cruz do calvário, e ambos os acontecimento como mesmo objetivo: “ Salvação ”

ELIAS MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO
Elias pode ser figurado como catalisador moral da nação de Israel, pois na história do profetísmo israelita nenhum outro profeta mudou as atitudes dos seus contemporâneos de maneira tão dramática e nem influenciou tanto o destino da nação como Elias. A voz profética que antecederia o primeiro advento do messias, dado as exigências da aliança e o vislumbre do futuro, teria a "marca" do ministério de Elias. Assim como Moises, Elias esteve no monte Horebe com Deus (1 Rs 19:8-18)

alt