MIDIA GOSPEL

Seg12052016

Last update01:10:10

Vereador evangélico cria a ‘LEI DO PAI NOSSO’ e já esta em vigor na cidade de Ilhéus na Bahia

Gostou? Comente este artigo no fim da página
GOSPEL Fotos e imagens Vereador evangélico cria a ‘LEI DO PAI NOSSO’ e já esta em vigor na cidade de Ilhéus na Bahia Noticia Brasil

O vereador de Ilhéus (BA) Alzimário Belmonte (PP), conhecido na cidade como professor Gurita, elaborou uma lei polêmica que já está em vigor na cidade. A lei, já sancionada pelo prefeito do município, define que os alunos do ensino municipal da cidade baiana devem rezar o Pai Nosso antes de todas as aulas.

O vereador, de 49 anos, que é evangélico e frequenta uma igreja batista afirma que o objetivo da lei é “educar nossos jovens na cultura da oração”. Formado em educação física, Gurita afirma: “Não bebo, não fumo, pratico atividade física e não perco noite”.

Em entrevista à Revista Época o vereador falou sobre a lei: “Construí essa lei para que nós possamos educar nossos jovens a cultura da oração. É o processo educativo da oração, da pessoa saber que a oração é uma forma de chegar até Deus, de proteção espiritual, de educação mesmo”.

Perguntado sobre o funcionamento da lei e sua fiscalização ele afirma que “o Pai Nosso deve ser rezado antes das aulas nas escolas públicas do município” e que a fiscalização é responsabilidade da Secretaria de Educação.

Sobre a punição para quem não cumprir a lei o vereador disse que “a lei não prevê sanção nenhuma” e que “seria um absurdo se tivéssemos uma sanção porque a pessoa não quer orar o Pai Nosso”. O vereador completou falando da validade da lei: “…Não quer dizer que é obrigatório. Vivemos em um estado laico de direito. Se a pessoa quiser orar, ora. Se não quiser fica calada, pede licença, sai da sala na hora da oração”.

Indagado se a cidade não tem problemas que mereçam mais sua atenção Gurita foi categórico ao afirmar que criou “um comitê de combate à pedofilia, o conselho municipal de política sobre drogas, o fundo municipal do direito do dependente químico e a lei que proíbe fumar em espaço público” o vereador resumiu dizendo que só criou “coisas importantes para a cidade”.

Fonte: Gospel + | Divulgação: Midia Gospel