MIDIA GOSPEL

Seg12052016

Last update01:10:10

Site de relacionamentos extraconjugais veicula propaganda na Record e Band, e fica fora da Globo

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel Site de relacionamentos extraconjugais veicula propaganda na Record e Band, e fica fora da Globo | Noticia Evangélica Gospel

O site canadense especializado em relações extraconjugais Ashley Madison desembarcou no Brasil há cerca de um ano e já planeja uma maciça campanha de divulgação nas emissoras de TV. Segundo informações da Veja, a Record e a Band já venderam cotas publicitárias para o portal, mas a Globo não teria topado veicular a propaganda da empresa, nem mesmo nos horários das madrugadas.

O serviço foi lançado no Brasil em 2011, e a expectativa da empresa era fazer do País o segundo do mundo em termos de receitas.

Segundo o canadense Noel Biderman, criador do AshleyMadison.com, o marketing no Brasil apresenta algumas dificuldades e classifica as restrições como “hipocrisia”. “Os canais não querem vincular sua imagem a um site de infidelidade. A questão não é tão religiosa, é mais cultural mesmo”, disse ao site SRZD.

Ele conta que já enfrentou dificuldades com a igreja católica na Itália, o que dificultou a divulgação mas não afetou a entrada do site no país.

“Eu gosto de mover barreiras sempre, só não quero chegar num país como a Arábia Saudita, onde a mulher pode ser presa se trair. Não queremos esse peso na consciência. No começo do ano que vem vamos entrar na China. Não sabemos o que esperar,” disse o empresário.

Biderman, que é autor de um best seller intitulado “Cheaters Prosper: Como a Infidelidade vai Salvar o Casamento Moderno”, ele explica sua tese. Segundo ele, em uma relação que já tem algum tempo pode não haver sexo. Isso pode fazer com que a pessoa traia para suprir aquela falta e assim voltar para o casamento.

Ele dá um exemplo que diz ter acontecido. “Um homem, casado há 30 anos, com três filhos e sem fazer sexo há três anos. Entrou no site, conheceu amante, só saiu com ela uma noite, matou a vontade do sexo e voltou pro casamento. Mandou e-mail pra nós agradecendo por não ter se divorciado”, contou.

Casado, Biderman diz que “ficaria devastado” se fosse traído por sua mulher, mas não culparia o site. “Eu pararia para refletir na tentativa de tentar descobrir o eu estava fazendo de errado. Se o homem ou a mulher chegam ao ponto de trair é porque tem algo errado na relação”, opinou.

O fundador do site disse que vai lançar uma nova modalidade de serviço que vai se chamar “Amantes garantidos”. Ele explica que se a pessoa acessar o site e mesmo assim não conseguir sair com ninguém terá 100% do seu dinheiro investido devolvido.

Segundo o empresário os concorrentes do Ashley Madison são os motéis, os restaurantes e até as redes sociais, como Facebook, sem falar nos ambientes de trabalho. “É lá que as pessoas traem. E elas estão traindo no lugar errado”, diz, já divulgando seu serviço.

Fonte: Gospel Mais | Divulgação: Midia Gospel

Os melhores Estudos Biblicos Midia Gospel