MIDIA GOSPEL

Sex07212017

Last update07:30:17

Se Alguém Conhece a Cristo os Olhos se Abrem - diz Ex-Sambista

Gostou? Comente este artigo no fim da página
ex-sambista

Carlos Alberto Peixoto Cruz, ex-sambista que compôs vinhetas para a Rede Globo e participu de desfiles de samba, revelou o seu encontro com Cristo após dramática ‘caída.’

Segundo a publicação CPAD News, Carlos Alberto, nascido em Belém do Pará e radicado no Rio de Janeiro, revelou como largou tudo, após evolvimento com drogas e debilitado por pneumonia, e se converteu.

Ele disse que fez voto ao Senhor depois de escutar uma voz chamar o seu nome no leito de um clínica.

'Eu escutei uma voz chamar o meu nome na enfermaria, e quando este fenômeno acontecia, eu desmaiava. Quando ocorreu pela quarta vez, eu não resisti e chorei; lembrei-me que já era uma pessoa conhecida na sociedade e não recebia visitas.'

Carlos revelou que compreendeu que o 'Senhor permitiu a ausência daquelas pessoas até eu reconhecer a minha fragilidade.'

'Minha saudosa tia Leopoldina orava muito por mim e eu fiz um voto ao Senhor que se eu fosse embora daquele lugar, passaria a serví-Lo.'

O jovem Carlos Alberto sonhava desde jovem em ingressar no mundo samba, sendo isto alcançado aos 14 anos quando passou a fazer parte da Escola de Samba União da Ilha. Entretanto, ele procurava refúgio no consumo de entorpecentes, e logo isso se transformava em amargura e dor.

'Naquela época eu imaginava que as portas da fama e do sucesso se abririam com mais facilidade, caso eu fosse um integrante de uma escola de samba. Eu sonhava com as cores, luzes e a passarela do samba.'

Para ele, aquele seria o seu destino e notava que os dirigentes das escolas de samba ostentavam riqueza.

O ex-sambista conta que visitou uma Igreja evangélica e depois disso abandonou as drogas e promiscuidade.

'Tudo o que eu possuo, inclusive a minha esposa, Jenaína Brígida Peixoto, consegui depois que me converti a Cristo,' declarou ele.

Atualmente, Carlos informa que é proprietário de uma empresa de 'quentinhas' e presbítero da Igreja.

'Quando as pessoas me questionam sobre meu passado, eu respondo que este mundo parece ser perfeito, mas quem conhece a Cristo os olhos são abertos. Tudo é passageiro.'

Artigo Recebido Via  E-mail

Fonte Estudos Gospel