MIDIA GOSPEL

Qua12072016

Last update07:01:22

Pastor Waguinho chora e esclarece acusações contra pastor Marcos Pereira

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Pastor Waguinho chora e esclarece acusações contra pastor Marcos Pereira | Noticia Evangélica Gospel

Depois das polêmicas acusações contra o pastor da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, Marcos Pereira, o pastor Waguinho membro da igreja veio se manifestar em favor do líder e fazer esclarecimentos. “Tem sido um massacre na imprensa secular contra a vida do pastor Marcos Pereiras e a Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (...) Foram feitas denúncias das quais não se tem provas até hoje”, afirmou Waguinho em entrevista na rádio Melodia.

Segundo Waguinho, as denúncias foram feitas por ex-membros da igreja, “pessoas que chegaram na igreja com a vida destruídas e que foram restauradas e cuidadas pelo pastor Marcos”.

“Depois que foram feitas as denúncias nenhuma prova foi encontrada até hoje. As mais graves feitas ontem, casos de estupro, não tem nada que comprove isso”, resssaltou o pastor Waguinho.

Um outro caso que foi destacado na mídia foi de que sua ex-esposa, Ana Madureira da Silva, 58, o acusa de estupro. A acusação foi feita em 2012 supostamente à Delegacia de Combate às Drogas (Dcod).

Entretanto, segundo o pastor Waguinho, Ana Madureira é ainda a sua atual esposa, casada com ele há mais de 30 anos e está abismada sobre como aconteceu esse tipo de acusação. “Completamente abismada não sabe como chegou a essa conclusão a esse depoimento que o acusaram de estupro”, afirmou ele.

Ele falou ainda sobre o depoimento da moça que se disse violentada entre os 14 aos seus 22 anos e de que parte dos abusos contra as mulheres ocorria dentro de um de seus apartamentos, avaliado em R$ 8 milhões.

Waguinho apontou para uma incongruência nessa acusação. Segundo ele, a tal moça teria saído da igreja pelos supostos abusos sexuais em 2005. Entretanto, o apartamento foi doado por um casal da igreja ao pastor em 2011, ficando o imóvel no nome da igreja.

Sobre uma suposta vítima de assassinato em 2008 por tentar denunciar o pastor, Waguinho afirmou com convicção que ela nunca fez parte da igreja desde o tempo em que ele congrega, há pelo menos 10 anos.

Segundo Waguinho, o crime teria tido o envolvimento de um sobrinho do pastor Marcos. Entretanto, foi o próprio pastor Marcos que o teria levado à delegacia. Segundo o cantor gospel, o líder da ADUD já entregou pelo menos 500 pessoas à justiça.

O pastor Waguinho afirma que tudo isso se trata de perseguição contra o pastor Marcos Pereira e a igreja. “É uma perseguição contra o pastor Marcos Pereira e contra uma obra que há 22 anos já recuperou mais de 8 mil pessoas, da Cracolândia , dos presídios, das drogas, do tráfico (...),” alegou.

“Quem conhece o pastor sabe o trabalho que é desenvolvido na Assembleia de Deus dos Últimos Dias, e isso tem incomodado muito as trevas.” Waguinho detalha que o dia a dia do pastor é o seu trabalho de pregar a palavra a prestar serviços sociais, “tirando as pessoas das drogas, da Cracolândia”.

Em suas últimas palavras na entrevista, o pastor Waguinho envia um recado ao pastor Marcos Pereira, se emociona e chora. “Pastor Marcos nós chamamos a Assembleia de Deus dos Últimos Dias que o senhor ama, e nós sabemos o pastor que nós temos e estamos aqui fortes a obra não pára”.

Fonte: The Christian Post | Divulgação: Midia Gospel

Os melhores Estudos Biblicos Midia Gospel