MIDIA GOSPEL

Ter12062016

Last update12:01:05

Mulher pede em nome de Jesus para que corpo do marido seja devolvido

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel Mulher pede em nome de Jesus para que corpo do marido seja devolvido | Noticia Evangélica Gospel

A esposa do auxiliar de serviços gerais, Alexandre Lima, que foi morto na manhã do último sábado (8) no Parque de Gericinó, em Nilópolis (RJ), deu uma entrevista para o site G1 explicando como tudo aconteceu e revelando ainda que pediu “em nome de Jesus” para que o corpo do marido fosse devolvido pelos traficantes.

A mulher de 36 anos contou também que seu esposo foi assassinado por não ouvir o chamado dos traficantes, pois ele corria pelo parque ouvindo uma rádio evangélica com os fones de ouvido.

“O vizinho contou que o Alex estava andando na mata, quando os caras falaram: ‘Para! Para aí! Levanta a blusa! Levanta a blusa!’ Ele não levantou a blusa e mandaram bala nele”, conta.

Alexandre Lima era diácono de uma igreja que ele ajudou a fundar e não tinha nenhuma ligação com o crime, como conta o pastor que não foi identificado pela reportagem do G1.

“Era um homem respeitador, assalariado, que sustentava a família. Era uma pessoa que sempre buscava ajudar o próximo. Perdemos um homem valoroso, não só na igreja, mas na própria comunidade. Foi uma covardia muito grande”, disse o religioso.

Depois que executaram o diácono Alex, os traficantes tiraram o corpo do parque, ao ligar para o celular do esposo, depois de saber da morte dele, a esposa fez contato com os traficantes que atenderam ao telefone pedindo para que eles liberassem o corpo para ser enterrado.

Na primeira ligação os traficantes deram um endereço falso e o corpo de Alex não foi encontrado. A esposa volta a fazer contato e usa o nome de Jesus para convencê-los, dizendo: “Você tem pai, você tem mãe, você tem filho, você tem alguém que você ame? Eu te peço, em nome de Jesus, que você devolva o corpo do meu marido. Em nome de Jesus!”.

O corpo foi deixado no rio próximo à Chatuba, foi um bombeiro parente da esposa quem ajudou a retirá-lo do rio para que ele fosse sepultado. Alexandre Lima foi um dos oito mortos de um sábado sangrento, quando outros seis jovens, todos moradores de Nilópolis, também foram mortos. O casal completou 20 anos de relacionamento e a vítima deixa cinco filhos.

Fonte: Gospel Prime | Divulgação: Midia Gospel

Os melhores Estudos Biblicos Midia Gospel