MIDIA GOSPEL

Sáb12102016

Last update05:01:10

Dirigente do Vasco suplica que Deus nos proteja no Brasileirão

Gostou? Comente este artigo no fim da página

Notícias Gospel Dirigente do Vasco suplica que 'Deus nos proteja' no Brasileirão | Noticia Evangélica Gospel

O cartola vascaíno Eduardo Machado pediu pela proteção de Deus após a derrota dos cruz-maltinos em casa, por 3 a 0 para o Bahia, no último domingo (9). O dirigente ocupa o cargo de vice-presidente de marketing no Vasco e fez sua súplica para o próximo confronto do clube, na quarta-feira (12), através da rede social Facebook.

Na declaração, o diretor fez críticas ao trabalho do técnico Cristovão Borges e ao desempenho do elenco mostrado nos 90 minutos. Ele ressalta que é adequada a atitude do torcedor em protestar e ao final, bastante enfático, efetua seu pedido a Deus para conceder graças ao clube em seu novo desafio contra o Palmeiras.

"No dia que quebramos o recorde de permanência no G-4, tomamos uma porrada em pleno São Januário. Nem desfalques servem de desculpa. Uma vergonha. Hoje foi tudo errado, desde a formação inicial até as trocas. A torcida protesta pois apaixonadamente tem o direito de se revoltar. Só nos resta recuperarmos a honra na próxima quarta (12) contra o Palmeiras!!!!! Que Deus nos proteja na quarta. Que Deus nos proteja!" registrou Machado em sua página no Facebook após a derrota para o Bahia.

O time do Vasco é bastante ligado ao cristianismo. Os fundadores da agremiação escolheram o símbolo da cruz em seu distintivo, por conta da instituição católica Ordem Militar de Cristo, que contava com a participação do navegador Vasco da Gama, no século 16.

Além disso, o Vasco da Gama é o único clube do Brasil, entre os grandes, que apresenta uma pequena igreja para orações dentro de seu próprio estádio, de São Januário. O templo católico tem a denominação Capela de Nossa Senhora das Vitórias e está situada atrás da trave à direita da tribuna de honra do local, segundo o portal Uol.

Com relação ao resultado negativo do Vasco para o Bahia, a consequência maior veio nesta segunda-feira (11), quando o comandante do time, o treinador Cristóvão Borges decidiu chegar a um consenso com a diretoria e pedir demissão de seu cargo. Segundo ele, foi uma determinação em prol dos vascaínos.

"Perdemos jogadores experientes e importantes para o grupo. No início, conseguimos repor essas perdas que foram juntas e significativas e até conseguimos bons resultados, mas sabíamos que, em algum momento, isso seria sentido e foi o que aconteceu. Estávamos passando por um momento difícil, conturbado, de pressão e precisávamos fazer alguma coisa e entendi que a minha saída poderia sacudir, mudar isso", relatou Borges.

Fonte: The Christian Post | Divulgação: Midia Gospel

Os melhores Estudos Biblicos Midia Gospel