MIDIA GOSPEL

Sáb12032016

Last update03:33:33

Diretor da CBF proíbe cultos na concentração da Seleção Brasileira

Gostou? Comente este artigo no fim da página
GOSPEL Fotos e imagens Diretor da CBF proíbe cultos na concentração da Seleção Brasileira Noticia brasil

O polêmico Andrés Sanchez, presidente licenciado do Corinthians, e atual diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), concedeu entrevista ao jornal Folha de S. Paulo e ao site UOL para falar de suas novas tarefas. Entre diversos assuntos abordados, Sanchez deu uma declaração o tanto quanto polêmica: não vai mais permitir cultos religiosos nas concentrações da seleção Brasileira.

Mesmo contrariando uma prática religiosa que já existia antes de sua chegada à instituição (em face dos inúmeros atletas evangélicos que já passaram pela Seleção Brasileira), o diretor disse que a fé é uma questão pessoal e enfatizou: “Culto, não vai ter. Se quiser, vai rezar no seu quarto”.

Andrés disse não concordar com concentração, mas entende que ela é importante. E acredita que a “Seleção não é igreja”, transparecendo não mais permitir a entrada de pastores.

Ele sustenta que a decisão foi tomada porque na Copa do Mundo de 2010, Jorginho, auxiliar técnico de Dunga, organizava cultos religiosos na concentração brasileira durante a Copa da África do Sul.

O cartola argumentou que os cultos, assim como qualquer atividade paralela ao propósito, atrapalham o objetivo da concentração. “Antigamente, eram as mulheres. Depois, veio o baralho, e depois a religião. Hoje, tem a internet”, disse Sanchez.

Fonte: Veja.Com | Divulgação: Midia Gospel